Antes de financiar um carro, analise esses fatores

Nunca esteve tão fácil possuir um carro, como tem sido nos últimos anos. Isso porque hoje em dia já existem diversas opções para concretizar o sonho do carro. 

Hoje em dia, as pessoas podem optar por um empréstimo pessoal, por um financiamento, por um consórcio e até mesmo em um empréstimo. 

Você deve estar se perguntando, já que existem diversas opções, qual devo escolher. E de forma categórica já respondemos: depende. 

Exatamente! Depende das suas condições financeiras, dos seus objetivos, dos seus planos e principalmente do seu gosto. 

São muitas opções para todos os gostos, mas se tem algo que independente da situação deve ser levado em consideração, são esses pontos que abordaremos neste post. 

Antes de financiar um carro, saiba se você está no caminho certo:  

Saiba se o preço combina com o seu bolso 

Uma grande questão é: “faço parcelamento a longo ou curto”? E na verdade, não existe uma resposta pronta para isso, pois se por um lado, parcelar por mais tempo torna as parcelas mais curtas e aumenta as chances de adesão ao produto, as taxas de juros nessa modalidade, pode acabar sendo maiores. 

Dessa forma, recomendamos que estude todas as possibilidades e simule com pelo menos 3 bancos diferentes antes de tomar um decisão de compra final. 

As taxas de mercado precisam estar na sua cabeça 

E aí, está por dentro de todas as taxas que terá que pagar ao financiar o seu carro? Se a resposta for sim, então isso significa que você está no caminho certo. 

Isso porque, dependendo da modalidade que você escolha, as taxas poderão ter alterações. Inclusive, você pode até conseguir a opção de fixar as taxas de juros durante todo o contrato. E, Isso deve ser acordado diretamente com o banco ou instituição onde está comprando o seu veículo. 

Está lembrando que um carro possui custos, além do financiamento?

É preciso estar atento ao produto que você está adquirindo, pense que não é correto comprar algo que não possa manter, isso porque um carro consome gasolina, requer um seguro, precisa se manutenções, e sem falar que ainda existe o IPVA que deve ser pago todos os anos, caso você trabalhe em um prédio comercial, deverá se preocupar com o estacionamento, entre outros custos. 

Já ouviu alguém falando que o carro é como se fosse um membro da família?  Essa pessoa não está mentindo. O objetivo aqui não é te desestimular, mas sim te ajudar a fazer uma compra correta. 

Então, por via das dúvidas faça seu planejamento financeiro e veja qual será o melhor custo-benefício para o seu bolso e para suas necessidades. 

Se planeje para dar uma entrada

É bastante interesse quando um comprador se planeja para dar uma entrada no ato do financiamento do carro, isso porque com uma boa entrada as chances de conseguir as taxas diferenciadas e melhores, são altas. 

Mas, é claro que cada situação deve ser analisada individualmente, e é exatamente por isso que hoje em dia já existem diversos bancos que oferecem até 100% de financiamento, ou seja, sem entrada. 

Esteja aberto para outras possibilidades

É normal ter o sonho de ter um carro específico e querer batalhar para conquistá-lo, mas também é muito importante estar com a mente aberta e disposto a encontrar novas possibilidades. 

No mercado automotivo, as coisas mudam muito rápido e a chance de você conseguir encontrar um bom veículo por um preço muito bom, poder ser altas. Isso porque as próprias marcas pode estar com uma campanha diferenciada. E se você vivenciar essa experiência, esteja disposto a conhecer, em algumas situações poderá ser uma ótima opção. 

Essas foram as nossas dicas para quem vai financiar carro. Possui mais dicas? Deixe nos comentários.

Você também pode se interessar por:
1. Tudo o que uma pessoa precisa saber antes de financiar carro.
2. Todas as informações para quem deseja financiar uma moto.


Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *